Calendário de Pagamento FGTS Inativo 2019: Tabela e Documentos


O Governo Federal liberou o pagamento do FGTS inativo, para quem tem a conta inativa desde 31 de dezembro de 2015. Portanto, se o cidadão possuir conta inativa desde 2016, ainda não poderá sacar o valor.

Esses valores beneficiarão muitos brasileiros, aquecendo a economia e driblando a crise financeira no país. Os pagamentos de FGTS inativos estão sendo pagos desde março de 2017.

Detalhes para saber se tem direito ao saque

Aqueles que conseguirem provar que não possuíam condições de sacar o benefício no ano de 2017, como trabalhadores que estão em cárcere privado, acamados, ou doentes com moléstia grave.

Os cidadãos que pedirem demissão, não terão direito ao saque do FGTS, pois a conta deve estar inativa, e com o pedido de desligamento da empresa, o FGTS fica retido.

Podem sacar o FGTS inativo:

-FGTS Inativos – 3 anos ou mais;

-Demissão sem justa causa;

-Demissão por comum acordo;

-Aposentados e Pensionistas;

-Vítimas de quaisquer desastres naturais;

-Para financiamento da casa própria;

-Falecimento do titular da conta;

-Doentes em estado terminal da doença;

-Doenças graves, como AIDS, HIV entre outras;

Basta consultar pela internet, pelo site: http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/contas-inativas/Paginas/default.aspx, que explica e informa sobre as contas inativas do FGTS.

 

Tabela de pagamento do FGTS inativo de acordo com o mês deaniversário:

Janeiro                                      março 2018

Fevereiro                                  março 2018

Março                                        abril 2018

Abril                                          abril 2018

Maio                                          abril 2018

Junho                                        maio 2018

Julho                                         maio 2018

Agosto                                      maio 2018

Setembro                                junho 2018

Outubro                                   junho 2018

Novembro                               junho 2018

Dezembro                                junho 2018

O saque poderá ser feito exclusivamente na Caixa, ou nas lotéricas, portando o documento de identidade original e o cartão cidadão. Se o    trabalhador não possuir o cartão cidadão, deve comparecer na agência da Caixa com os documentos pessoais, e solicitar o saque do FGTS inativo.

Se o cidadão não estiver precisando do dinheiro do FGTS inativo no momento, pode deixar que ele renda juros a 3% na conta. Pelo telefone também é possível consultar o saldo, caso a pessoa não tenha acesso à internet: 0800 726 02 07.

Vale ressaltar que as informações do cidadão devem estar atualizadas, para que o trabalhador consiga sacar seus abonos no futuro, e claro, esteja com o número do NIS ou PIS, Carteira de Trabalho e a última rescisão para provar o direito a receber.

Para quem possui acesso pelo Internet Banking, basta clicar em FGTS, depois em Serviços do Cidadão, em FGTS, e finalmente em Contas inativas, autorizando o crédito para a sua conta bancária na Caixa.

Quem não tiver conta na Caixa, poderá fazer o saque diretamente nos caixas eletrônicos, nas lotéricas, e não poderá ultrapassar o valor de 5.000 reais.

O governo federal pode usar o dinheiro do FGTS, o chamado Fundo de Amparo do Trabalhador (FAT), para obras de infraestrutura, saneamento básico, programas junto ao BNDES – Banco Nacional do Desenvolvimento.

O FGTS é um direito do cidadão e deve ser sacado, transferido para uma conta pessoal, tendo como objetivo o bem-estar do trabalhador brasileiro.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: