Como Receber PIS de Trabalhador Falecido – Veja Aqui


O governo federal fez a liberação de saque de valores do PIS para pessoas que foram inscritas no Fundo antes de 10/04/1988 e não sacaram. Caso o beneficiário tenha falecido seus herdeiros podem realizar a retirada, conforme descrito neste texto.

Como saber se há valor para saque do PIS para um trabalhador falecido?

Os herdeiros podem fazer a consulta do PIS pela Internet ou em uma agência. Para verificar pela web:

  1. Acesse a página da Caixa para cotas do PIS:

https://cotasidade.caixa.gov.br/sipab_quotas/pages/#!/home

Caso o beneficiário tenha em algum momento sido funcionário publico a consulta é pelo site do Banco do Brasil:

https://www36.bb.com.br/portalbb/pasep/pesquisa,802,17,505134,2,0,1.bbx

  1. Insira o numero do CPF e data de nascimento do beneficiário.
  2. Em seguida, clique Eu não sou robô.

Após isso, já deve aparecer a informação se há algum saldo para saque, mas para saber a quantia é necessário a senha de Internet do trabalhador falecido, caso não o herdeiro não tenha pode ir a uma agência.

Documentos para verificação do PIS na Caixa

Na Caixa leve os seguintes documentos:

– Documento de identificação pessoal como RG ou carteira de motorista.

– Certidão ou declaração de dependentes que foram confirmados para receber por pensão por morte expedida pelo INSS ou no caso de servidor público, Atestado fornecido pela empresa em trabalhava.

Também é aceito alvará da justiça que designa o sucessor/representante legal e Carteira de Identidade do sucessor/representante legal (senão houver certidão dos dependentes habilitados)

A Formal de Partilha/Escritura Pública de Inventário e partilha são outros documentos considerados

Documentos para verificação do PASEP no Banco do Brasil

No Banco do Brasil leve os seguintes documentos:

– Certidão de óbito e certidão ou declaração de dependentes que recebem pensão por morte emitida pelo INSS ou pela empresa se o beneficiário era servidor publico. Nela deve conter o nome completo do dependente, data de nascimento e grau de parentesco ou relação de dependência com o participante falecido.

– Também é aceito alvará judicial que designa os beneficiários do saque, mais certidão de óbito se não houver menção ao falecimento do participante.

– Escritura pública de inventário, podendo ser apresentado formal de partilha dos autos de processo judicial de inventário/ arrolamento ou escritura pública de partilha extrajudicial lavrada pelo tabelião do cartório de notas.

Quando herdeiros de trabalhadores falecidos podem sacar o PIS/PASEP?

Diferentemente de como acontece para outros beneficiários das Cotas do PIS, herdeiros de não tem a necessidade de aguardar uma data especifica para procurar as agências da Caixa Econômica Federal e sacar.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: